TAMPOS

 

Qual deles?

Granito? Quartzo? Aço? Resina? Cerâmica? Duropal? Eis a questão!



granito

Granito

 
 

Pedra natural que se tornou o material para tampos de cozinha por excelência. Mesmo hoje é altamente procurado por clientes que valorizam a sua durabilidade e não querem experimentar novos materiais.

VANTAGENS
- Grande resistência ao uso e aos produtos utilizados nas cozinhas 
- Preço 
- Material natural ao qual pode ser dado diversos acabamentos

DESVANTAGENS
- A sair  de moda
- Não é recomendado para espessuras inferiores a 20 mm 
- Lava loiças no mesmo material são delicados



Quartzo



Quartzo

 
 

Diferente do granito e dos mármores, o quartzo não é uma pedra 100% natural, e o seu processo de industrialização confere uma aparência uniforme e simples, e este é um dos aspetos que a torna tão atrativa para os projetos contemporâneos. O processo de industrialização não degrada o meio ambiente e confere ao quartzo o título de material sintético e para muitos é sinônimo de sustentabilidade.
O quartzo que é comercializado para ser usado nas bancadas das cozinhas deve obedecer à norma e ser composto por 94% de quartzo (material contido no granito) e 6% de resina. Além disso, algumas empresas adicionam pigmentos e pequenas quantidades de vidro ou partículas metálicas para gerar variedades de cores e texturas.

VANTAGENS
- Podemos trabalhar com espessuras muito diversificadas, desde 1,2 cm até ao que desejarmos.
- Lava loiça totalmente integrado do mesmo material- Está na moda
- Podemos ajustar o preço ao nosso orçamento, dependendo da classe escolhida
- Muitas variedades de cores e acabamentos

DESVANTAGENS 
- Não é o material mais resistente ao calor, riscos e absorção de manchas



Ceramicas





CERÂMICOS

 
 

Um tampo cerâmico é uma pedra industrializada, produzida a partir da mistura das matérias-primas usadas na fabricação de porcelana, vidro e superfícies de quartzo.
É o material mais recente a chegar ao mercado.
Em grande parte desconhecidos do público em geral.
Como nos tipos anteriores de tampos, são várias as marcas que oferecem a mesma ideia com diferentes acabamentos entre eles, podemos encontrar Dekton, Thesize, Neolith, Techlam, Lamax, ....

VANTAGENS
- Pode-se trabalhar com espessuras desde 6mm até ao que desejarmos
- Grande resistência contra riscos, absorção e mudança de cor
- Estética muito atual
- Grande variedade de cores e texturas- Preço competitivo

DESVANTAGENS 
- Ainda não há lava loiças no mesmo material



resina





RESINA

 
 

Neste grupo, existe uma enorme diversidade de marcas comerciais, das quais a Corian se destaca como pioneira no uso deste material para tampos. Fot seguida por outras como LG ou Solid Surface com características muito semelhantes.

VANTAGENS
- Pode-se trabalhar com espessuras desde 6mm até ao que desejarmos
- Lava loiça totalmente integrado no mesmo material
- Pode-se fazer qualquer forma que se possa imaginar
- Está totalmente na moda
- Tampos com juntas praticamente imperceptíveis
- Grande variedade de cores

DESVANTAGENS 
- Preço
- A resistência não é o seu ponto forte



aço






AÇO

 
 

Este material é praticamente esquecido no mundo das cozinhas domésticas, enquanto que nas cozinhas profissionais é quase obrigatório.

VANTAGENS
- Pode-se trabalhar com espessuras desde 1mm até ao que desejarmos.
- Lava loiça totalmente integrado do mesmo material
- Estética é muito atual
- Contráriamente ao que possa pensar pode serdas opções mais baratas

DESVANTAGENS 
- É um material muito pouco resistente aos riscos e é muito difícil mantê-lo limpo.



DUROPAL





DUROPAL

 
 

Os tampos Duropal são ideais pela a sua robustez e durabilidade. Graças às suas vantagens higiênicas, os ambientes clássicos de aplicação são as cozinhas modernas e salas de banho.

VANTAGENS
- Preço
- Resistência à luz
- Resistente a ácidos de frutas, vapor de água, manchas de vinho ... etc.
- Resistem a altas temperaturas como as panelas quentes
- Tratamento com proteção antibacteriana

DESVANTAGENS 
- Mais sensível ao risco
- Mais Frágil nas juntas